03/08/2015

Agradecimento e desabafo

 Oi gente!
 Primeira segunda de agosto, um novo mês pra fazer coisas novas e tentar melhorar mais um pouquinho.
 Queria no post de hoje agradecer por ter participado do 1 projeto por mês idealizado pela querida Bruxa
(agradecimento especial a ela).
 Foi minha primeira participação, fiz meu projeto com tanto carinho e fiquei tão feliz em ver outros projetos, conhecer outros blogs e ter feito novos amigos, estou muito grata por isso.
 Mas cheguei a uma conclusão esse final de semana.
 Enquanto visitava os blogs pra ver os projetos percebi como na vida real eu sou sozinha em questão a gostos e filosofia de vida .
 Estava eu em meio aos meus familiares que amo e espontânea fiz uma pergunta pra minha mãe totalmente sem pensar:
 Mãe como eu faço pra interagir com as pessoas ao meu redor se ninguém que eu conheça tem o mesmo gosto que eu ?
 Peguei minha mãe de surpresa, ela até engasgou tentando responder, mas a cena foi tão engraçada que minha irmã começou a rir sem parar deixando minha mãe sem graça e sem resposta.
 A cena foi engraçada mesmo, mas só confirmou oque eu achava, que  estou só.
 Tento inserir eles aos meus feitos no blog e minha última investida foi fazer eles assistirem o vídeo que eu fiz com o passo-a-passo do projeto.
 Mas não sei se sou eu que não sei passar pra eles o quanto isso daqui é importante pra mim, tentei de diversas maneiras mas não consegui.
Com exceção do meu marido que está tentando ( tadinho as vezes encho o saco dele)
 Não tentarei mais, decidi deixar pra lá e contar apenas com o apoio dos meus amigos virtuais.
 Bom chega de falar disso, como eu disse é um novo mês pra fazer coisas novas e é oque vou fazer.
 Hoje as crianças voltaram as aulas e tudo começa a entrar nos eixos aqui em casa.

Tessália entrando na escola e olhando se eu ainda  continuo lá rs!

 Estou muito animada por ter esse novo mês pra fazer melhor do que o anterior.
 Ótimo mês de agosto pra vocês.
 Bjuss!
 Fiquem bem!


Comente com o Facebook:

16 comentários:

  1. Nossa Daiane, fiquei surpresa com esse seu post!!! Passo exatamente por isso. Quando vou falar de alguma coisa com alguém da minha familia eles não se interessam. No meu caso nem meu namorado, que apesar de ter me incentivado a fazer o blog, agora não me dá muita atenção. Me sinto bem triste na verdade.

    ResponderExcluir
  2. Você tem razão!!! Vamos ser felizes virtualmente e deixar essa felicidade refletir no resto! Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Ei Daiane.. eu sei como é. Muitas pessoas não entendem mesmo e é difícil explicarmos. Mas te desejo muita alegria apesar de tudo ! De verdade viu?
    Beijos

    Blog Estilo Certo
    Fanpage Estilo Certo

    ResponderExcluir
  4. Oi Daiane,
    olha vou te dizer que não é somente você que se sente assim; já tentei por diversas vezes inserir minha família no meu blog e simplesmente não rola... acho que realmente quem gosta de blog's de internet está aqui [ interagindo virtualmente mesmo ] e tem os que gostam somente de saber as últimas fofocas do facebook e deu...
    Deves fazer o que gosta, e se gosta de manter o blog, então mantenha, mesmo que só com amigos virtuais; e nas horas "reais" interaja com os reais... [ puxa, ficou meio confuso! ] rsrsrs
    Bjkas
    Mila

    ResponderExcluir
  5. Deixa assim, eles é que saem perdendo,rs... Iriam gostar, dar ideias, mas... Segue firme!" bjs, chica

    ResponderExcluir
  6. Oi Daiane!

    Não sei nem o que dizer... Realmente não é o meu caso... A maioria da família me apoia, comenta... Mas acho que a principal pessoa já está te dando apoio:o teu marido! É o que importa!

    Abraços, Iris

    ResponderExcluir
  7. Lindo e encantado espaço...parabéns.
    Depois dar uma passadinha no meu novo blog e fique à vontade pra seguir…bijus!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Daiane compreendo sua frustração e confesso que passei pela mesma situação, compartilhava o link de minhas postagens com os familiares para lerem opinar se tava legal e ninguém nada.. Até que chegou num ponto em que desisti deles e decidir compartilhar com quem realmente interessava, acho que a parti daí minha alegria ficou nitida através dos meus textos e fiz uma porção de amigos virtuais.. BjoO grande!!

    Att; Wesley Felício

    ResponderExcluir
  9. Olá Daiane! Somos pessoas diferentes, cada qual com um olhar,sobre as diferentes facetas da vida. O importante é você cuidar do seu blog com carinho e sentir- se feliz assim.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. olá Daiane. Você não está sozinha, sofremos do mesmo mal ( se é que posso chamar assim). Pra mim já se tornou lugar comum ser diferente...Meu marido me contou que quando nos conhecemos, foram nossas diferenças que o tornou apaixonado por mim, e tem sido elas que nos mantém juntos e enamorados. Ele me mostrou como a vida pode ser simples e leve e eu o apresentei ao maravilhoso universo do Senhor dos Anéis, de Narnia e ao delicioso suco de Cupuaçú... hehehe. O Jakson nem terminou o ensino médio e eu lí Platão com 13 anos. Quando me reúno com a família dele, eu fico lá, meio como uma coluna do templo, e interajo nos assuntos gerais como filmes, seriados, comidas, músicas e viagens, primeiro foi estranho, mas hoje, mesmo quietinha no meu canto, sinto que sou amada por eles e os amo tb. Acho que nós duas temos várias coisas em comum, podemos nos adicionar no Face pra conversar, se vc quiser mais uma amiga virtual. Um beijão. Léa.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, menina!
    Obrigada pelo agradecimento especial e como já disse, fiquei muito feliz com sua participação e espero que seja a primeira de muitas.
    Agora, sobre seu desabafo: talvez por estar iniciando nesse mundo "blogal", talvez vc não saiba algo que vou te contar agora. Não é você! Somos nós! A maioria dos blogueiros não tem seus blogues acessados por familiares e não é por mal. As pessoas se envolvem muito mais com rede social que é fácil do que entrar em blogues e ler. Vejo o blog como um diário e uma comunidade: fazemos por amor e nos relacionamos com várias pessoas (o meu caso, por exemplo) - pessoas que curtem artesanato, música, culinária, livros, moda... aí cada um vai arranjando sua "trupe". Outros se relacionam com pessoas de mesma afinidade etc... Mas conversando com vários outros blogueiros, descobri que seus familiares também não visitam seus blogs rsrs. Sinistro né? Minha irmã, por exemplo, entra em vários blogs, compra artesanato, entra no Elo7 e raramente entra no meu blog. Por quê? Sei lá... rsrs... talvez por estar perto e ver as coisas que eu faço, conversar comigo...
    Vc não está sozinha, vc tem um gosto e um hobby que não é o de sua família e assim como vc, eu tb "azucrinava" meu marido no começo pra ficar entrando no meu blog. Aí, deixei pra lá... rsrs. Eu faço pq curto. Sei que muitos leem, outros não. Sei que os poucos amigos reais que tenho sequer entram ou se entram nunca dizem nada, mas... faço pq curto. Então, de coração te digo: não se preocupe com isso, faça o que te dá prazer, com carinho, amor e respeito... independente de seus familiares visitarem ou não. Vejo assim: um hobby nosso, não quer dizer que teremos companhia, mas encontramos pelo caminho pessoas com mesmo gosto e o blog é assim.

    Sua princesa tá uma gracinha! Toda envergonhadinha rsrs. Beijinhos pra ela.
    E tenha um dia lotadinho de bênçãos. Feliz agosto!
    Abração esmagador.

    ResponderExcluir
  12. Such an amazing post! Have a wonderful Wednesday dear. :)

    Ps; Help me win the Zalora Blogger Challenge. Details are on my latest post.

    xoxo;
    STYLEFORMANKIND.COM
    Facebook / Bloglovin

    ResponderExcluir
  13. Não se preocupe com isso,se vc gosta de fazer as postagens faz e deixa que alguem empre aparece para comentar. Eu ja tenho o meu blog ha tantos anos e as vezes ninguem vem,e nem meus familiares.
    Onde as pessoas mais comentam e na minha pagina do blog no facebook,la tem mais comentarios que aqui no blog. Mas vou fazendo as postagens sempre quando posso.
    Sucesso para voce e bjs!!

    ResponderExcluir
  14. Sei exatamente como se sente... eu ainda tenho um marido que zomba de mim por eu ter um blog e compartilhar coisas que gosto com pessoas que "mal conheço".
    Não é pelo fato de eu nunca ter visto você em minha frente que não te conheço... as vezes conhecemos muito mais os amigos virtuais do que nossos próprios amigos a volta.
    Não desista, estamos no mesmo barco.
    Beijos
    http://mhilkadiniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eita menina, que coisa chata, sinto muito por essa situação, mas família é sempre família e sua "vocação" tb é tão importante quanto acho que com amor, carinho e muito paciência vc vai conseguir despertar o interesse da sua família para sua arte.
    bjs no coração
    Edi
    Lar de arteira

    ResponderExcluir
  16. Não se preocupe, por estar só nas suas escolhas... acima de tudo, o que fazemos terá de agradar a nós mesmos... senão estaríamos nos copiando a toda a hora...
    Agrade-se a si mesma... e tenha certeza, que tal, sempre será do agrado de mais alguém... pela sua autenticidade.
    Bjs
    Ana

    ResponderExcluir


Desenvolvido por Bianca - Estilo Certo exclusivo para Daiane Aline ©